Luizinho Drumond concedeu uma grande entrevista para a rádio FM O Dia, em 2016, e falou sobre diversos assuntos. Confira abaixo alguns trechos. O presidente da Imperatriz Leopoldinense faleceu nesta quarta-feira.

Amor dividido entre Império Serrano e Imperatriz

“Sempre gostei de carnaval. Participei no Cacique de Ramos. Ainda sou Império devagarzinho. Agora, eu sou Imperatriz. Mas tenho amor e carinho. Dou sempre uma ajudada”.

Rosa Magalhães ser um dia enredo da Imperatriz

“A Rosa já é uma rosa. É uma pessoa que trabalhou na Imperatriz e fez grandes carnavais. Nem tudo que é feito com bom gosto tem o resultado esperado. Faz parte da competição. Se contar o enredo da história da Rosa vai ter muita história bonita. Ela estar na ativa ou não é relativo para ela ser enredo”.

Carnaval do Zico (2014)

“A Imperatriz pecou. Infelizmente. Quando o carro entrou o motor morreu. No desespero começaram a empurrar o carro e abrimos um buraco e o carro foi empurrado até a dispersão. Quando chegou lá o motor pegou. Perdemos para gente mesmo. Quem erra mais perde. Jurado está ali para tirar ponto de quem erra”

Comunidade

“Comunidade é que vai para quadra, canta o samba, participa dos ensaios. É muito importante”.

Tricampeonato tirado no regulamento em 1983

“Em 1979, o Arlindo foi campeão pela Mocidade e se afastou. Foi ser carnavalesco da Imperatriz. Conseguimos ser campeões no primeiro ano e no segundo também. No terceiro ano, fizemos um carnaval lindo, ganhamos, mas havia a questão de figuras vivas no carnaval, e, acabamos desclassificados”.

Herdeiro

“Não penso no sucessor. Penso em morrer com 120 anos. Se passar de 100 é lucro. A gente morre e acaba. As coisas ficam para família. Herdeiro é um problema. Pode ser a Simone, mas não sei. Tem que gostar e ter tempo. Ela (Simone Drumond) é uma pessoa muito participativa dentro da escola e nas outras co-irmãs”.

Futuro do carnaval

“O carnaval vem diminuindo. Diminuir o número de carros, mas aí acoplam carros. Está errado mexer nos carros, fantasias e quesitos. Sempre negociei bem com a Globo. Ela mandava dentro do direito dela. Ela paga R$ 2 milhões porque o negócio é bom. A Globo é um grande parceiro e ajuda muito o carnaval. Falta um diálogo melhor para ambas as partes. O carnaval tem uma captação de dinheiro muito grande. Televisão, cervejaria, patrocinador que chega com pedacinho. Esse ano (2016) não e está brabo. Vivemos uma crise no país”.

Jogo do bicho

“Fui bicheiro em algumas épocas. Hoje estou aposentado. Não tenho sucessor. Minha infância foi muito boa. Estudei até a quarta série e fui trabalhar. Fiquei desempregado e trabalhava com corrida de cavalo. Esse negócio que vai liberar o jogo é antigo. Acho que não vão liberar. Se o jogo do bicho tivesse esse poder todo não aconteceriam as prisões. Centenas de brasileiro vão lá fora jogar. O povo brasileiro não tem condição de participar da jogatina. Você não vai entrar no cassino e jogar R$ 10. O jogo do bicho é mais barato.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui