Após 30 anos, o documentário “Mangueira em 2 tempos” visita as crianças que foram retratadas no vídeo “Mangueira do amanhã”. O filme estreia nos cinemas do país, no dia 5 de agosto, e revela as circunstâncias brutais da vida dos moradores das favelas do Rio de Janeiro, mas também seus surpreendentes destinos.

Foto: Divulgação

Mestre Wesley se inspira na musicalidade local para realizar a carreira de percussionista. A narrativa de sua trajetória explora a conexão entre samba e funk, ritmos marcados pelas batidas em 2 tempos e propõe o diálogo entre o jazz e a percussão da Mangueira.

Veja abaixo o trailer do filme

Comentários