A Live do Samba, que reuniu no sábado, na Cidade do Samba, a Beija-Flor e mais seis escolas do Grupo Especial (Tijuca, Mangueira, Portela, Tuiuti, Vila Isabel e Viradouro) foi um sucesso na arrecadação de alimentos (60 toneladas) e de público (com mais de 184 mil visualizações durante a live), inclusive, liderando os assuntos mais comentados no Twitter. Gabriel David, um dos idealizadores do encontro, ao lado de Almir Reis (vice-presidente da Beija-Flor) e Dudu Azevedo (diretor de carnaval da escola), celebrou o resultado.

“É um momento que temos que se unir para ajudar quem mais necessita. Agradeço muito a todas escolas que participaram e ao Milton Cunha. Não foi importante só para comunidade do samba, mas para todos, afinal, muitas pessoas vão ser ajudadas”, disse.

Gabriel David aproveitou para refletir sobre o sucesso da Live do Samba em termos de alcance do público, mostrando a potência do carnaval também no ambiente digital.

“A gente vem de todos esse caos que foi criado em cima do carnaval. A crise do carnaval. Eu falo o tempo inteiro que o carnaval tem que se reinventar, isso é óbvio, e pudemos ver quanto o samba é forte, raiz, o poder que ele tem para representar o brasileiro e o povo. Não imagina o resultado que alcançamos durante a live. Foi incrível demais”.

Comentários