No microfone principal da União da Ilha, saiu Ito Melodia e entrou Igor Vianna. O intérprete que foi campeão com o Império Serrano demonstra energia para o novo desafio.

“É tudo novo. Sair do Império e vir para a Ilha, que é gigante, escola de Aroldo e Ito Melodia. Nem nos sonhos mais insanos eu imaginei isso. Foi uma coisa mágica e o convite veio por meio do Dudu Falcão e o presidente aceitou prontamente. É uma felicidade tremenda. Para o torcedor, podem esperar muita dedicação, garra e samba para o carnaval do ano que vem”, celebra.

Marcelo Santos, mestre de bateria, segue em 2023 só que com uma novidade: comandará a “baterilha” em jornada solo. “A responsabilidade é grande, mas muito prazerosa. Estou realizando um sonho que eu tinha de ser mestre de bateria da União da Ilha. Mostrar o meu trabalho sozinho me traz bastante confiança e tenho total apoio da bateria da escola. Queremos voltar com uma bateria raiz, mantendo o nosso toque que é peculiar. A essência é a Ilha do mestre Paulão”, garante.

Comentários