Ilha grava samba para o CD com destaque para presença forte da comunidade e atuação da bateria

1095

A União da Ilha fez na tarde de sábado, na Cidade do Samba, a gravação do seu samba-enredo para o CD do Grupo Especial 2019. * OUÇA AQUI O SAMBA DA ILHA NA VERSÃO DA ESCOLA

A escola levou quase 300 componentes para o espaço e a comunidade insulana deu show. Veio cantando desde o barracão até o ponto de gravação com acompanhamento da bateria.

“Nossa gravação foi muito boa, a bateria deu um show, gravando muito rápido. Nossa comunidade cantou o samba na ponta da língua. Ainda é o início de um trabalho. As mudanças no samba foram no sentido de dar nossa identidade ao samba, pois o intérprete é a cara da escola. E ainda tivemos essa suingada com os ritmos do Ceará. O resultado foi bastante satisfatório”, avaliou Dudu Azevedo, diretor de carnaval.

O intérprete Ito Melodia elogiou o trabalho da bateria e ressaltou a melodia do samba para 2019.

“Nossa bateria se destacou novamente. Os meninos são da escola, filhos de grandes baluartes da Ilha. Um trabalho profissional. Eles irão arrebentar nesse carnaval. Temos uma melodia perfeita que nos propiciará um grande desfile. Com relação às mudanças eu só trouxe o samba para mim. Fora isso não fizemos nenhuma mexida. Letra e melodia se incorporam. Estou bastante feliz com o resultado”, afirmou o cantor.

A bateria da Ilha, que será comandada pelos mestres Keko Araújo e Marcelo Santos, conduziu o andamento em 142 BPM (batidas por minuto). Rafael Prates foi o responsável pelo arranjo do samba e o tom escolhido foi o sol sustenido. Além dos instrumentos tradicionais, a escoal utilizou um triângulo para fazer o xote e o xaxado.

“Confesso que fiquei nervoso para caramba e nem dormi essa noite. Graças a Deus conseguimos fazer um bom trabalho e agradeço muito ao meus diretores e o meu parceiro Keko. Podem esperar uma faixa bem bonita. Eu esperava muito por esse momento de estar com o Laíla e o Mario Jorge, figuras que eu acompanho desde garoto. Eles me deram muitos toques e conselhos. Como nosso enredo tem um toque cearense, teremos um xote e xaxado, dentro do equilíbrio do ritmo”, disse o mestre.

Comentários