Compositores: Tião Pinheiro, Alexandre Moreira, Carlos Kind, Bruno Castro e Vitor Hugo
Participação Especial: Guga
Intérprete: Zé Paulo Sierra

Desabrochou em cor,
Sonho de arlequim!
Sou o Brasil de Arlindo,
Saudade do meu querubim…
Que bom te reencontrar
No Theatro de nobreza.
O talento a despertar, emoldurar,
Cenários de beleza.
Foi seguindo o seu destino ô…
Encarnado de vermelho,
Encantou a Academia,
Refletiu nosso país no espelho.

E ergueu nossos altares,
Da senzala… De Palmares!
Personagens imortais,
Voz de pretos ideais!

Se redescobriu contando a saga das caravelas…
A arte seduziu outros gênios da aquarela.
Em seu traço mais bonito,
Desenhou o meu caminho:
Desejo de Rei Luiz BIS
Na corte da Imperatriz!
Quero sambar onde DALVA ESTRELA mora,
Com os deuses da BAHIA, onde fiz história!
SÓ DÁ LÁ LÁ num céu dourado, verde e branco,
Onde CANTA O SABIÁ, eu canto!

Ê ê ê ê… Vai meu MENINO,
O FUTURO AINDA É SEU…
Já fui seu MESTRE e APRENDIZ,
VOLTEI PRA SER FELIZ!

Comentários