De volta ao Grupo Especial do Rio de Janeiro e vivendo uma nova era administrativamente a Imperatriz Leopoldinense abriu sua temporada de ensaio de quadra com a comunidade e já projetou o primeiro de rua para o dia 05 de dezembro. O site CARNAVALESCO acompanhou o treino e ouviu figuras importantes da verde e branco. Diretor executivo, João Drumond, falou do momento da escola e prometeu fazer a maior abertura da história do carnaval. A agremiação abrirá o domingo da elite do carnaval carioca.

“O grande trunfo que temos são todas energias que se juntaram. A reconstrução da Imperatriz, o título avassalador no Acesso, comunidade animada, o enredo é um grandes do carnaval, o carnaval deve muito ao Arlindo Rodrigues, a volta da Rosa Magalhães para sua casa e ela está extremamente empolgada. Temos um trabalho que vai ser muito forte. Se tudo isso der certo não tenho dúvida que será a maior abertura do carnaval dos últimos tempos. Até arrepia falar isso. No caso da Imperatriz, do nosso projeto, dizer isso não é nem um pouco clichê, é a realidade. A escola está organizada e toda equipe motivada. Podem esperar a Imperatriz luxuosa e imponente, mas acima de tudo uma escola que vai surpreender pela energia. Vamos incendiar a Marquês de Sapucaí. Somos uma das escolas mais tradicionais do Rio de Janeiro”, disse.

João Drumond explicou sobre o início dos ensaios de rua. “A Imperatriz vai ensaiar mais do que nunca. Vamos retomar os ensaios de rua. É muito importante. É a simulação bem real do que vai acontecer na Avenida. O primeiro será dia 05 de dezembro e faremos todos os domingos até o carnaval. Vamos para um lugar que estamos próximo da comunidade e que é um ponto estratégico para o desfile. Será na Rua Cardoso de Morais. Tenho certeza que será um sucesso. Vamos treinar o canto, evolução e trazer o povo de volta para escola”.

Perguntado sobre a saída de Preto Joia, o carro de som terá Arthur Franco e Bruno Ribas, João Drumond comentou a decisão da diretoria gresilense. “Toda escola que trabalha de uma maneira organizada e séria não toma decisão sem pensar e medir os efeitos. Nossa decisão foi para o melhor para escola e para o Preto Joia. Ele é muito querido por mim, pela minha família e pela Imperatriz. Ele mora fora do Rio (Saquarema) e o deslocamento frequente duas ou três vezes por semana seria inviável. Ele é um patrimônio da Imperatriz. Infelizmente, a gente não conseguiu casar essa rotina. A gente espera que ele possa estar conosco de uma maneira simbólica no desfile, porque ele merece”.

Referência no comando da bateria, mestre Lolo tem o seu trabalho elogiado e garantiu ao CARNAVALESCO que terá novidades para o desfile em 2022. “São seis anos de Imperatriz. Trabalho com muito carinho. A bateria está ensaiando há dois meses, nossa fantasia está sendo feita. Vamos brigar lá em cima. Estamos adequando o samba com a bateria e está ficando legal. Todo mundo apoia o nosso trabalho. Vamos levar três bossas para o desfile. A comunidade vai gritar ‘Amada Imperatriz’. O pessoal vai gostar”, garantiu.

Premiados com o ESTRELA DO CARNAVAL em 2020, Thiaguinho e Rafaela ressaltaram a volta dos ensaios com a comunidade. “A ficha está caindo. Para quem é sambista de verdade e trabalho o ano inteiro sentiu demais. O retorno é gratificante. Acredito que a vida continua, temos que fazer nosso papel consciente e seguir tendo todos os cuidados. A emoção é muito grande. Estava faltando essa alegria e oxigenização para termos dias melhores”.

“Tivemos o primeiro contato com o público que desfila com a escola. A comemoração do título durou só um dia. Pude ver o sorriso nas pessoas que é a felicidade de voltar. Precisamos voltar a ensaiar. Muito empolgado em poder abraçar a comunidade”.

Sobre o trabalho, o mestre-sala explicou como está funcionando. “Tivemos a honra de trazer a coreógrafa. Já temos a coreografia completa por nós dois e agora na fase de ajustes. Para quem acompaha o nosso trabalho, ano após ano, a gente muda muita coisa do nosso estilo. Posso afirmar que será o ano que mais vamos mudar o estilo de dançar. A Imperatriz toda está se reformulando. O casal que foi visto em 2020 será um novo, isso já pode ver visto nos vídeos da gente na quadra”.

“A fantasia está linda. Posso dizer que a Rosa caprichou, não posso falar detalhes, mas está a cara da Imperatriz e do jeito que a gente gosta. A escola pensou muito na nossa desenvoltura da dança na Avenida. O Ateliê Carioca segue com a gente e também opina. Fiquei apaixonada pela fantasia. O ponto forte da nossa parceira é não perder a tradição, mas também inovando. A gente bate o martelo para termos sempre a dança tradicional”, completou a porta-bandeira.

A volta dos ensaios com a comunidade mexeu com os gresilenses. Um desses foi o diretor André Bonatte. Ao CARNAVALESCO, ele revelou o momento especial que vive a escola e a relação que vem sendo construída com a comunidade.

“É uma soma de sentimentos. Retorno para vida, depois de tanto tempo, seguimos o isolamento, e, agora é uma grande celebração. Além da volta da Imperatriz para o Grupo Especial. Estamos apostando muito na proposta dos ensaios todas sextas. São quase 2 décadas de ensaiamos aos domingos. Tivemos uma aproximação muito grande com a comunidade, de resgate, cada vez precisamos fazer mais, e ouvimos deles que o ideal era trazer para sexta. Pelo que estou vendo vai dar super certo e a comunidade comprou a ideia. Faremos toda segunda o de bateria e de canto, na sexta mais festivo e a partir de dezembro vamos para rua para trabalharmos a evolução e harmonia. A Imperatriz levará 25 alas para o desfile de 2022. O ensaio de rua vai dar o gás, além dos parâmetros técnicos, como cabine, casal, e comissão de frente”, explicou.

Bonatte ainda deixou no ar uma informação para o torcedor da Imperatriz ficar ainda mais feliz e esperançoso com o desfile do ano que vem. “A Rosa e a Imperatriz formaram um casamento muito feliz. A Rosa precisou respirar outros ares e outros carnavalescos que vieram para escola fizeram também a escola respirar. Agora é o casal que se reencontra e a coisa está pegando fogo. Vão ter frutos muito legais. A Rosa sempre olhou para Imperatriz e respeitou a história. Ela sabe a cara da Imperatriz. A gente olha para todas fantasias que ela desenhou e falamos que é a nossa Imperatriz. É impressionante! Como torcedor me emocionei quando vi. Um trabalho artístico de muito pensamento”.

Fotos do ensaio da Imperatriz

Comentários