Compositores: André Diniz, Tinga, James Bernardes, Fabio Martins, Turko, Maradona, Pixulé, Braguinha, Jota e Rafael Tinguinha
Intérpretes: Tinga, Pixulé e Rafael Tinguinha

DESCULPE NÃO ME LEVE A MAL, O MERCADO CAPITAL
QUER MUDAR O MEU VALOR
É GANGA- ZUMBA, ZUMBI NA VEIA,
DONGA, JOÃO, CANDEIA
MINHA ALMA, MINHA COR
SE OS TERREIROS BATUCAM LIBERDADES
SENHORES AINDA MOSTRAM CORRENTES
MEU GRITO NÃO É RESISTÊNCIA EM VÃO
O SAMBA É REVOLUÇÃO
É INDOMÁVEL, A FORÇA DA GENTE

NO TERREIRO DE CABOCLO
O ATABAQUE FIRMA PONTO PRA SAUDAR O ORIXÁ
DEIXA A GIRA GIRAR PRO SANTO BATUQUE QUEBRAR QUEBRANTO
AXÉ MEU PAI, SARAVÁ

“O QUILOMBO” SE FEZ ESCOLA DE TRADIÇÃO
NA RIMA DE PARTIDEIROS
PALMARES RESISTE NO SAMBA E NA PALMA DA MÃO
EM CAVACOS, TAN TANS PANDEIROS
EM TANTOS CORTEJOS QUE VÃO POR AÍ
É PRETA A PELE DA IDENTIDADE
O BRILHO DA ALMA DA SAPUCAÍ
É NOSSA ESSÊNCIA, É NOSSA VERDADE !
NO CANTO DO POVO OPRIMIDO DE SEMPRE
QUE FEZ SOFRIMENTO VIRAR CARNAVAL
NA ALEGRIA QUE RENASCE
A JÓIA DA COROA IMPERIAL

ORA YÊ YÊ Ô , ME BANHOU NA CACHOEIRA
SOU IMPÉRIO DA TIJUCA, PAIXAO VERDADEIRA
MEU SENHOR ABRE A RODA CHEGOU O OGAN
QUE TEM SAMBA ATÉ DE MANHÃ, KIZOMBA ATÉ DE MANHÃ

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui