Compositores: Vinícius Amaral, Fred Lima, JR. Vidigal e Flavio Back
Intérprete: Evandro Malandro
Participação especial: Nilze Carvalho

CHEGUEI!
DESTEMIDO PÉ NO CHÃO
FIRME NA PALMA DA MÃO
FAZENDO MEU CARNAVAL
NEGRO…
TALENTO QUE EMANA O ARTISTA
SEM LUXO OU DINHEIRO… SAMBISTA!
PUREZA… ESSÊNCIA… RAIZ… A RAIZ
NA LUZ A VOZ DA VERDADE
MANIFESTO… IDENTIDADE…
SAMBA QUILOMBO
NEGRITUDE ESTAMPADA NA ARTE
FRUTO DA BRASILIDADE

MURIQUINHO PIQUININO, MURIQUINHO PIQUININO
GINGA FELIZ! GINGA FELIZ!

SINFONIA BATUCADA, GIRA BAIANA RENDADA
COLORINDO O PAÍS

SENHOR!
EM CADA FÉ A MESMA PRECE
ALIMENTO QUE ENALTECE
TODO HERÓI DE NOSSA HISTÓRIA
O “NEGÔ” SEGUE A LUTAR (LUTAR!)
COM BELA POESIA E LIBERDADE
FEZ DAS RUAS DA CIDADE
APOTEOSE… NOSSO LUGAR
NAS MÃOS DO BALUARTE… SEMENTE
CULTIVADA NO SORRISO DESSA GENTE
APLAUSOS MEU IMPÉRIO DA TIJUCA
ASAS P’RA SONHAR
NESSA KIZOMBA VAMOS CELEBRAR

O SAMBA TEM ALMA E BRILHO NO OLHAR
A FORMIGA HOJE É CHAMA DE CANDEIA
NEGRA RESISTÊNCIA NÃO VAI ACABAR
ORA IE IEU OXUM MAMÃE CLAREIA!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui