O Império da Tijuca anunciou no início da noite desta quarta-feira seu enredo para o Carnaval 2021. A escola do Morro da Formiga optou por um tema afro. O título do enredo é “Samba Quilombo. A resistência pela Raiz” e tem a assinatura do jovem Guilherme Estevão.

“É um enredo que louva a comunidade da Formiga e o sambista. Que a gente possa valorizar o legado de tantos baluartes. A gente sabe das dificuldades do próximo carnaval e que o samba enfrenta, mas sabemos que resistimos”, disse o carnavalesco Guilherme Estevão.

O presidente Tê falou sobre a disputa de samba. “Fizemos uma disputa para não criar custo grande para os compositores. A final será com quatro obras, escolhidas a partir das inscrições, e faremos uma live para decidirmos o samba campeão”.

Dinheiro da inscrição dos sambas vai para doação de cestas básicas

A escola anunciou também como será sua disputa de samba-enredo. As inscrições acontecem no dia 1º de agosto de 2020 e podem ser feitas de duas formas: presencial na quadra ou por e-mail.

“Podem entregar na quadra, com uma cópia da letra e um vídeo do samba ou pelo e-mail [email protected] Vamos escolher os quatro sambas finalistas e a ideia é fazer a final no dia 6 de setembro em uma live. A taxa de inscrição por samba será de R$ 77 e o valor todo revertido para doação de cestas básicas para nossa comunidade”, explicou o diretor Luan Teles.

Comentários