Império da Tijuca desfaz comissão de bateria

1995

Desde 2017 comandada por um trio de mestres, a bateria Sinfonia Imperial passará a ser liderada apenas por Jordan, integrante da comissão de bateria há três carnavais. A mudança faz parte da estratégia da escola de reforçar os segmentos em busca de melhores notas com o objetivo de uma disputa mais forte no campeonato da Série A.

Mestre Jordan Pereira é morador da comunidade da Formiga, onde é localizada a quadra da agremiação e está há 27 anos na bateria Sinfonia Imperial. Entrou como ritmista no carnaval de 1993 e em 2008 passou a desempenhar a função de diretor de bateria do antecessor Capoeira. Em 2017, ao lado de Julio e Paulinho, passou a fazer parte da comissão de bateria e em 2020 estreia em carreira solo no comando da bateria, como mestre da sua escola de coração.

A Império da Tijuca anunciará em breve toda a equipe para o próximo desfile, bem como o enredo com o qual defenderá o campeonato em 2020.

Comentários