Compositores: Marcus Cruz, Kadinho, Romeu, Tuninho, Gilberto Lua, Silvana Aleixo E Maneco

Part. Especial: Zeca Da Penha, Felipe Nazário, Marcelinho, Waguinho E Jorge Florêncio

Intérprete: Nego Martins

HOJE A VOZ DA RESISTÊNCIA
MEU IMPÉRIO VEM CANTAR
ENTRA NA RODA MENINA
O BATUQUE JÁ VAI COMEÇAR
TEM JONGO, SAMBA E CULTURA
UM JARDIM DE EMOÇÃO
SERRINHA, EMPODERADA EM POESIA
RISCA FORTE ESSE CHÃO
ESTRELAS ILUMINADAS
PRA SEMPRE EM NOSSOS CORAÇÕES

MULHER, LINDA MULHER
SEU LUGAR É AONDE VOCÊ QUER
SOMOS MÃES, BAIANAS E HEROÍNAS
AO SOM DOS TAMBORES DA SERRINHA

NÃO, NÃO EXISTEM BARREIRAS NEM PRECONCEITOS QUE POSSAM IMPEDIR
SUA VOZ NINGUÉM VAI CALAR
A LUTA NÃO PODE ACABAR
UMA NOVA ERA, UM NOVO AMANHECER
VISANDO À IGUALDADE
GUERREIRAS DA MODERNIDADE
AGORA É A “VERA”
SE LIGA AÍ, “QUAL É?”
NEM COM UMA FLOR SE BATE NA MULHER
CHEGOU A HORA, MADUREIRA VEM SAMBAR E DANÇAR COM AS YABÁS
TAVA DORMINDO, O SAMBA ME CHAMOU
FELICIDADE! CATIVEIRO ACABOU!

SOU MARIA DO JONGO, TIA DA LIBERDADE
IMPERIANA É A MINHA IDENTIDADE
MEU CANTO É LUZ, INSPIRAÇÃO
UM GRITO DE REVOLUÇÃO

Comentários