A direção do Império Serrano Esporte Clube entrou com uma ação no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD/RJ) contra o Paduano alegando que o clube cometeu irregularidades na questão sanitária no jogo decisivo da semifinal do Carioca da Série C, domingo passado, em Bangu. Segundo o Império, o clube mandante do jogo não cumpriu o previsto no protocolo do Jogo Seguro da Federação de Futebol do Rio de Janeiro.

Foto: Emerson Pereira/Divulgação

Veja abaixo a nota do Império:

“Em partida realizada pela semifinal do Campeonato Carioca – Série C, no último domingo, a diretoria do Império Serrano Esporte Clube apontou para irregularidades na questão sanitária por parte da equipe do Paduano. O clube mandante do jogo não cumpriu o previsto no protocolo do Jogo Seguro da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, colocando em risco todos os envolvidos, uma vez que só realizaram testes de Covid-19 em 30 de junho.

Vale destacar que a Ferj enviou uma determinação, através de e-mail, em que os clubes deveriam realizar os testes de Covid-19 nos dias 18 e 19 de agosto, sendo-os entregues à entidade no dia seguinte. O Império Serrano cumpriu com a sua obrigação, diferentemente do Paduano.

Prezando pela segurança sanitária de seus atletas, a diretoria do Império Serrano Esporte Clube procurou o delegado do jogo, o Sr. Rafael Moura, e avisou que não colocaria os atletas em risco, uma vez que estamos com uma crescente taxa de contaminação por conta da variante Delta. Após ligações, o delegado comunicou que a equipe do Império Serrano deveria entrar em campo sob o risco de perder por WO.

O jogo atrasou o início em 10 minutos e a equipe do Império solicitou que a Federação então assumisse a responsabilidade pela atitude. O delegado da partida disse que faria constar isso tudo em súmula, o que não foi feito, limitando-se a dizer que a equipe imperiana apontou possíveis irregularidades.

Isso é muito grave, tendo em vista o momento pandêmico que vivemos, quando a prioridade deveria ser a segurança sanitária de todos. Cabe ressaltar que a equipe do Ceres foi suspensa por não apresentar testagem atualizada, na última edição do Campeonato Carioca – Série B2, perdendo sua partida por WO ao não cumprir com suas obrigações sanitárias, tal qual o Paduano fez.

Diante do exposto, o Império Serrano Esporte Clube, através de seu Departamento Jurídico, moverá ação no TJD/RJ com uma notícia de infração sobre o ocorrido no último domingo”.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.