A direção do Império Serrano divulgou um comunicado informando que o artigo 13 do seu regulamento da disputa de samba-enredo para o próximo carnaval foi excluído. O mesmo explicava que sambas seriam eliminados, caso fossem “contra os bons costumes, a moral vigente, pessoas, poderes e entidades constituídas”. Veja abaixo artigo na íntegra.

“Serão sumariamente eliminadas aquelas composições que, em suas letras, atentarem contra os bons costumes, a moral vigente, pessoas, poderes e entidades constituídas, e às letras que não forem inéditas”.

Veja abaixo a nota oficial da escola:

“A Diretoria do G.R.E.S. Império Serrano vem a público reafirmar seu compromisso com a reconstrução e fortalecimento das bases da agremiação, sendo uma delas, a nossa Ala de Compositores. Entendemos a multiplicidade da ala, bem como a condição que se dá a seus componentes, para que exerçam o direito de liberdade de expressão, do saber e da defesa do bem comum estabelecido desde a sua fundação.

A Diretoria do Império Serrano entende que, desde a sua fundação, a Ala de Compositores sempre manifestou o tempo de reflexão aprofundada, de pensamento e criação para poder chegar a uma obra que refletisse o momento do que se exigia como defesa de enredo na imaginação e na intenção de estabelecer reconhecimento à liberdade de expressão pautados na edificação da linhagem existente em sua história.

Os termos “moral” e “bons costumes”, inicialmente contidos no regulamento da disputa de samba-enredo para o próximo Carnaval são subjetivos e foram inseridos para que se pudesse ser mantida a educação durante o processo de disputa, evitando situações como a lamentável confusão após o anúncio do samba vencedor no último Carnaval.

Entendemos que, danoso seria que o nosso legado para o espírito humano da criação fosse dominado pelo vazio do pensamento ocioso por uma mobilização veloz e incessante do trabalho cego que não permitiria ao poeta dizer e escrever o direito à liberdade da construção poética e sensível da sua obra.

Diante disso, e para que não reste qualquer sombra de dúvidas, o artigo 13 do regulamento da disputa de samba-enredo do G.R.E.S. Império Serrano foi excluído. Entendemos, por fim, que esta Diretoria espera e aguarda que tenhamos a experiência comum plantada e estabelecida contrária à repressão mas pautada e construída no respeito e no poder da criação”.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui