O povo tijucano vive um clima de amor com o samba-enredo da Unidos da Tijuca para o Carnaval 2022. Aliás, a obra da escola do Borel já conquistou o público, inclusive, de outras agremiações. No primeiro ensaio de quadra, na última quinta-feira, a expectativa sobre o rendimento da composição era alta e passou com louvor pela primeira etapa.

Fotos: Danilo Freitas

Filha do intérprete Wantuir, a cantora Wictoria Tavares, a Wic, grande destaque dos concursos de sambas-enredo para 2022, foi oficializada ao lado do pai, e disse ao CARNAVALESCO que o momento é muito especial na sua vida.

“Tive uma surpresa. As redes sociais me davam muita esperança. O samba ganhar já foi uma vitória pra mim, porque foi a primeira vez que eu canto como primeira, depois o Wander Pires veio e fortaleceu muito. O presidente Fernando Horta me colocou do lado do meu pai, como intérprete oficial, estou muito grata pela espaço. Agradeço aos compositores que acreditaram em mim. Com a força dos meus pais, decidi assumir essa missão e deu esse resultado. Acho que o desfile será épico. Só recebo carinho e amor. Vamos emocionar bastante. Estamos nos preparando para um desfile histórico para o mundo do samba e para Unidos da Tijuca”.

Emocionado por cantar ao lado da filha, Wantuir agradeceu o reconhecimento do mundo do samba ao talento de Wictoria Tavares e enalteceu a obra da Unidos da Tijuca para o desfile do ano que vem.

“O erê só tem espaço para crescer. Ele já é um sucesso. Vai contagiar! É muito fácil, o recado é muito direito. Muito feliz por cantar com a minha família, meu sangue, e os compositores estão de parabéns pela obra magnífica. Ela já canta comigo desde os seis anos e desde 16 cantando. Tenho certeza que isso nunca aconteceu no Grupo Especial. Vamos botar toda alegria para fora no carnaval”.

Aguardem a Tijuca em 2022!

Com tantos anos de Unidos da Tijuca, mestre Casagrande vibrou com o primeiro ensaio de comunidade. “Estava ensaiando com o pessoal da bateria, mas hoje vendo a comunidade, baianas, passistas, sinto muita felicidade e agora é esperar que em fevereiro a gente tenha carnaval. A escola já começou a trabalhar no barracão, o presidente está muito contente, vi a fantasia da bateria, o protótipo está pronto. Bom tempo que a gente não desfilava com fantasia carnavalesca, muito leve e funcional. Estou muito satisfeito. Tive quase 70% da bateria hoje no primeiro ensaio e intercalei. Estamos passando todas nossas bossas e repito que estou muito animado. A Tijuca vem com carnaval pesado, caro, competitivo. Está se preparando para voltar ao lugar dela. Aguardem a Tijuca em 2022! Estamos preparados não só para voltarmos nas campeãs, mas para ganharmos outro título. Essa é nossa meta. Já temos duas bossas. Vamos fazer mais uma e se encaixar entra no desfile. A inspiração está vindo. Tudo dentro da melodia do samba. É um sambaço. A cada dia me surpreende mais. Todos falam que o nosso samba é muito bom”.

Diretor de carnaval da Tijuca, Fernando Costa revelou que existe a possibilidade da escola iniciar seus ensaios de rua no mês de dezembro. “Hoje, o ensaio teve a apresentação do nosso casal. Um boas-vindas para todos. Vamos seguir ensaiando na quadra. Só vamos parar na véspera do Natal e Ano Novo. Talvez, a gente comece na rua na primeira quinta-feira de dezembro. É a nossa previsão. Fomos bem feliz na escolha do samba. Foi difícil, porque tinham cinco ou seis que poderiam estar na Avenida. O samba já foi o maior sucesso no Salgueiro Convida e a tendência é aumentar. Gosto muito da parte que fala da cobiça e o fogo na aldeia. É muito forte”.

Estreando na Tijuca, o casal de mestre-sala e porta-bandeira, Phelipe e Denadir, dançou na quadra, no primeiro treino com a comunidade, e citou o recomeço com a volta do samba, após o tempo parado com a pandemia.

“Ainda estamos estudando a letra do samba, a história do enredo. Vamos encontrar o samba com a cultura indígena, levando essa cultura para Avenida. Hoje, a gente vive um recomeço. Uma nova oportunidade de escrevermos mais da nossa história no carnaval”, garantiu o mestre-sala.

“É uma mistura de sentimento estar na quadra. Estou muito feliz. Foi um dia especial dançar aqui”, completou a porta-bandeira.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.