Sexta escola a desfilar no primeiro dia de desfiles da Série Prata na Intendente Magalhães, a Independentes de Olaria apresentou o enredo “Batuque pra Penha”, que homenageou uma das principais celebrações religiosas do Rio de Janeiro, a tradicional Festa da Penha. Presidida por Brenno Araújo e com desfile assinado pelo carnavalesco Alex Carvalho, a agremiação Azul e branco apresentou um belo conjunto de alegorias e um samba que fez bonito na Avenida.

Fotos de José Luiz Moreira/Site CARNAVALESCO

Da autoria de Diego Nicolau, Tem-Tem Jr., Minguazinho, PH Leite, Marcelinho Santos, Gigi da Estiva e Romeu Almeida, o samba apresentado pela escola garantiu sustentação ao longo de todo o desfile, fazendo com que os componentes cantassem de forma ávida a obra. Destaque para o refrão. O bom rendimento do samba impactou positivamente a evolução da escola, deixando os brincantes com leveza ao longo do cortejo. A bateria Alcateia do Ritmo, comandada pelo mestre Lucas de Albuquerque também fez bonito. A fantasia foi inspirada no samba “Beca de Pano Novo” de Cartola, lançado em homenagem à festa.

A comissão de frente da Independentes representou o Grande Milagre, ocorrido nas terras da freguesia de Irajá. Com uma coreografia bem marcada, o grupo se apresentou bem e sem falhas. Já o primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira, João Victor Silva de Oliveira e Duda Martins conseguiram vencer a forte chuva que caiu na última noite e se apresentaram com vigor e muita graça, arrancando aplausos da plateia presente.

Comentários