Em seu primeiro carnaval na Unidos da Tijuca, o carnavalesco Jack Vasconcelos vai levar para Avenida em 2022 o enredo “Waranã – A Reexistência vermelha”. O artista explica que a inspiração para criação do desfile é o saudoso (faleceu em 2003) carnavalesco Oswaldo Jardim, que fez história na Unidos da Tijuca, inclusive, sendo o autor do inesquecível desfile de 1999. * OUÇA OS SAMBAS CONCORRENTES DA TIJUCA

“É um momento especial pra mim. Meu primeiro carnaval na Unidos da Tijuca. Me enche de alegria. Eu gosto de pensar que esse tema seria aprovado por um dos profissionais de carnaval, por um artista, que é um dos responsáveis por despertar em mim esse amor e encantamento que tenho pelos desfiles das escolas de samba. Gosto de pensar que ele de alguma forma estará ao nosso lado. É o carnaval Oswaldo Jardim, que já passou pela Unidos da Tijuca, e que me proporcionou vários momentos de fantasias incríveis e inesquecíveis. Ele se aprofundou muito nas pesquisas sobre a temática e foi uma das minhas inspirações na hora de pensar na criação do enredo”.

Perguntado sobre a essência da escola, Jack revelou que vê na Tijuca uma agremiação que exala alegria e consegue se adaptar com vários tipos de sambas e enredos.

“Entendo e sinto a Tijuca como uma escola de espírito muito jovem. Tem versatilidade nos enredos e nos sambas. Ela consegue vestir vários tipos de roupa e se sentir bem. Veja essa alegria. É uma escola de um desfile muito feliz”, disse o artista, durante a live tijucana.

Jack respondeu também sobre o tempo que está tendo durante a pandemia para trabalhar o desfile do ano que vem.

“Tive tempo maior para me dedicar ao projeto. Ficava em olhava o desenho, pensava, fazia novamente e isso aconteceu com todos os outros colegas de profissão. É um tempo que olha para o projeto com calma”.

Comentários