Na pandemia aumentou o número de usuários conectados e de aqueles que descarregam jogos on-line por diversão. Hoje, em tempos em que as vendas e o uso do smartphones não para de crescer. Tanto como ordenadores, computadores, tablets, Ipads e até relógios inteligentes. Os usuários passam grande parte de seu dia frente às telas de seus telefones, a publicidade móvel tem se transformado em uma ferramenta fundamental para aquelas empresas e marcas que querem gerar ingressos a partir de anúncios orientados a esses usuários sempre conectados.

Mesmo que os aplicativos como Parchis, Stop, UNO, apalavrados ou Houseparty estavam desde uns anos nas lojas, já vai um tempo que as baixas vem em aumento. Cada vez mais pessoas se registram, já seja por recomendações de familiares, amigos ou companheiros e companheiras de estudo ou trabalho. Na palavra da recomendação amiga, os jogos não param de crescer. Se há uma empresa que se tem beneficiado desta pandemia, tem que ser as de os jogos virtuais.

Geralmente, os jogos de celular tem vantagem por cima dos de computador, e é que são muito mais fáceis de baixar e fáceis de jogar. Além disso, as pessoas estão muito mais acostumadas a baixar aplicativos pelo celular, enquanto a baixar coisas ao computador, não tanto. Às vezes, por medo de baixar vírus, ou quebrar o computador, os usuários não tão experimentados ficam fora da festa dos jogos. Também, os jogos do celular, em sua maioria, são de graça e simples. E o podem jogar conectados com seus contatos, que já estão carregados no celular. Não podemos esquecer que jogar no celular é muito mais acessível, já que ninguém viaja sem o celular. Ao dentista, no banco, no trabalho… O celular sempre está lá. Não é somente uma sensação, os números avaliam este fato. Segundo um estudo de Google e Ipsos para o mercado de Latinoamérica, 68% dos argentinos, 74% dos mexicanos e 73% dos brasileiros não podem sair de suas casas sem seu smartphone. Hoje, em média, uma pessoa passa mais de 11 horas interagindo com telas e quase a metade desse tempo se dedicam aos dispositivos móveis.

Apps como Fortnite, o mais recente de Teamfights Tactics de Riot Games ou o Call of Duty Mobile, são um exemplo. Outros jogos que viveram momentos gloriosos e que tenham baixado o fluxo, como Clash Royale ou o Clash of Clans, recuperaram seus usuários. Outro grande jogo que tinha perdido sua popularidade, foi Perguntados, o jogo Argentino onde os usuários têm que escolher entre várias respostas a perguntas de seis categorias : entretenimento, arte, esportes, história, ciência e geografia. Podem competir contra amigos que também estão conectados ou contra adversários selecionados ao azar e tem 20 segundos para responder a cada pergunta. Stop, outro clássico que se jogava no colégio com os amigos, também está adaptado para ser jogado no celular. Criando uma reversão do clássico jogo. Os jogadores têm que escolher uma letra do abecedário e cada jogador escreve 5 palavras que começam com a letra das categorias.Têm mais de 77 milhões de jogadores no mundo. Outro jogo que não para de crescer em números é o cassino e as casas das apostas. Sem dúvida este é somente o começo de uma revolução virtual no mundo dos jogos.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.