A experiente jurada do quesito Mestre-Sala e Porta-Bandeira, Beatriz Badejo, penalizou o casal da Beija-Flor de Nilópolis, Claudinho e Selminha Sorriso, com o desconto de 0,1 (1 décimo). Porém, o que causou estranhamento foi a justificativa dada pela julgadora.

“A porta-bandeira Selminha Sorriso iniciou o bailado visivelmente tenso, com giros e movimentos de cabeça trêmulos, comprometendo o equilíbrio e a leveza de sua exibição. Aos poucos, foi recuperando o controle corporal”, disse.

Após ler a justificativa, Selminha Sorriso postou o texto: “Pensando…. A ética me faz respeitar, mas não aceitar!”.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui