De forma surpreendente, todos os julgadores do quesito “Harmonia” tiraram décimos da Unidos da Tijuca no Carnaval 2022. Confira abaixo o que cada jurado disse na sua justificativa.

Ao tirar 0,2 décimos, Bruno Marques citou “afinação geral do canto bastante imprecisa durante todo o desfile, tanto das linhas melódicas quanto dos contracantos (alguns destes inclusive fora do tom). Iso se agravou com a recorrência do problema em quase todos os refrões e voltas à cabeça da forma. A persistência e relevância do problema causaram despontuação maior”.

Para a julgadora Deborah Weiterschan Levy, que tirou 0,1 décimo, “a escola apresentou imprecisões de afinação do canto em passagens da melodia, bem como nos “cacos” e comentários ao longo de todo o desfile, prejudicando o conjunto harmônico.

Jardel Maia Rodrigues também tirou 0,1 décimo e comentou: “Falta de igualdade do canto do samba pelos componentes de algumas alas. Faltou vibração e alguns só cantavam o refrão. Alas penalizadas: 04 aos 27 min, 05 aos 28 min, 23 aos 48 min e 26 aos 51 min”.

O jurado Rodrigo Lima tirou 0,1 décimo e apontou: “Com problemas de afinação recorrentes no seguinte trecho da letra do samba: ‘Alto céu’ e ‘um lugar’ e por não se tratar de um fato isolado a escola teve uma despontuação mínima”.

Mirian Orofino Gomes também tirou 0,1 décimo citando: “problemas de afinação no canto em alguns momentos do desfile. No começo do desfile, o canto dos intérpretes auxiliares resultou num conjunto vocal muito interessante, mas após algum tempo o intérprete principal iniciou várias chamadas de animação (cacos) que prejudicaram a beleza do samba-enredo”.

Comentários