Após renovar o contrato por mais um ano com a Estação Primeira de Mangueira o carnavalesco Leandro Vieira conversou com o site CARNAVALESCO e falou da renovação e do enredo de 2021.

SOBRE O ACERTO COM A MANGUEIRA

“Conversamos com a expectativa do consenso. Por vezes, é preciso dialogar mais e isso foi feito. Algumas pendências foram acertadas e um papo sempre “caro” pra mim mais uma vez foi exposto: a liberdade para criar e o apreço pelo enredo. Com isto em acordo, o resto é detalhe insignificante”.

SOBRE O ENREDO 2021

“Sobre enredo, já disse algumas vezes que rótulos são gaiolas apertadas e um bom artista deve esquivar-se disso. Me orgulho de tudo que fiz até aqui porque acho a construção da narrativa extremamente coerente. Dito isso, quero seguir a coerência que me alimenta, porém fazendo outras coisas. Tenho ideias e a escola estuda também possibilidades de patrocínio que podem juntar aspectos culturais pertinentes com investimento e isso é bom. De qualquer forma, ainda é cedo pra falar de enredo. Antes dele, quero dias de pouca pressão”.

EXPECTATIVAS DE TRABALHO PARA 2021

“Produzir um grande carnaval para a Mangueira é sempre a Primeira expectativa de trabalho. Sigo para o sexto ano na agremiação e quero, assim como nos anos anteriores, realizar algo que cause orgulhe à instituição. Em paralelo a Mangueira, fazer carnaval é algo que me motiva e os últimos seis anos me tornou um profissional da área. Não descarto a possibilidade de seguir fazendo algo no acesso, desde que eu me sinta capaz de realizar sem causar dano. Fora carnaval, gosto da ideia de produzir um material textual para teorizar sobre os três últimos carnavais da Mangueira. Os últimos enredos produziram uma pesquisa muito densa e o material artístico gerado é gigantesco. Quero organizar isso de uma forma bonita. Tentar documentar esse período como algo importante é uma atividade que pretendo me debruçar”.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui