Após dois meses de quarentena contra a Covid-19 alguns governos estaduais e municipais “esqueceram” os números do novo Coronavírus no Brasil (em boletim divulgado neste domingo pelo Ministério da Saúde o Brasil tem 363.211 casos confirmados de Covid-19 e 22.666 mortes foram registradas) e estão relaxando o isolamento social. Apesar disso, ainda não é possível definir qual é o futuro do Carnaval 2021. Somente nas últimas 24 horas, o ministério registrou 15.813 novos casos e 653 mortes.

Levando em consideração a indefinição sobre a realização dos desfiles em 2021 o site CARNAVALESCO fez uma pesquisa com seus seguidores no Twitter (@scarnavalesco) sobre os enredos.

Lançar os temas, sinopses e até os sambas-enredo não afetaria o isolamento social, afinal, tudo pode ser realizado de forma digital. As lives que fazem grande sucesso durante a quarentena são exemplos que podem ser adaptadas para os concursos de samba, inclusive, algumas escolas do Rio de Janeiro, como o Império da Tijuca, e, de São Paulo já programaram finais e lançamento das obras, através das plataformas digitais.

Porém, de outro lado, é levantada a questão do momento. A cada dia o país perde mais e mais pessoas. Seria o período certo para falar em algo de escola de samba?

A pesquisa mostrou que a maioria quer que os enredos sejam divulgados agora, afinal, nesta data é que surgem os temas, sinopses e começam as produções dos sambas-enredo, mexendo com a indústria do carnaval, os compositores e torcedores. Ressaltando que tudo isso pode ser realizado com total segurança e de forma online.

Foram 71,5% dos votos para os enredos serem anunciados agora e 28,5% para que esperem o fim da quarentena. Durante live da Liga-SP e em conversas com dirigentes da Liesa é informado que está muito cedo para fazer qualquer previsão sobre os desfiles de 2021.

O mais provável é que até o fim de julho ou primeira quinzena de agosto aconteça um esboço de proposta, inclusive, com reuniões para alinhamento de ideias com a TV Globo, detentora dos direitos de transmissão dos desfiles no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui