A Portela informa que Manoel Francisco não será mais o responsável pela comissão de frente da escola. A partir de agora, Leo Senna e Kelly Siqueira darão continuidade ao projeto da Majestade do Samba para o Carnaval 2022. A decisão foi tomada em comum acordo entre a diretoria da agremiação e Francisco, durante reunião, nesta segunda-feira, 27. O consagrado bailarino, que atualmente é professor/ensaiador do corpo de baile do Teatro Municipal do Rio, seguirá na Azul e Branco de Oswaldo Cruz e Madureira auxiliando a diretoria em diversos projetos artísticos.

O presidente Luis Carlos Magalhães, que participou do encontro, comenta sobre a estratégia da escola em mudar os rumos da comissão.

“A dupla de coreógrafos fez um belo trabalho que nos levou ao título. Manoel Francisco com sua vasta experiência em palcos do mundo inteiro será presença importante nos demais setores da escola”, afirma.

Um passado cheio de glórias

Leonardo Senna é dançarino, ator e coreógrafo. Foi o responsável pelo quesito ao lado de Kelly Siqueira, em 2017, ano do último campeonato da Portela. Na ocasião, os artistas assumiram a responsabilidade de dar continuidade ao projeto iniciado pelo então coreógrafo Renato Vieira, que deixou o cargo após divergências na concepção artística da coreografia com Paulo Barros, carnavalesco responsável pelo desfile na época.

“É uma honra voltar à Portela, estou muito feliz com o convite e agradeço ao Renato e à Márcia, ao meu presidente, ao Pavão e toda diretoria pela confiança. Agora é hora de trabalhar, e a responsabilidade é grande. Esperamos repetir o resultado da nossa primeira passagem pela Portela e poder comemorar o título no final. Vamos ao trabalho!!! Obrigado”, comemora o artista que em 2016 esteve na Majestade do Samba quando coreografou a alegoria “Perigos ao Mar” (carro do barco).

Kelly Siqueira é professora, diretora, coreógrafa, atriz, bailarina e aerialista, tendo mais de 25 anos de carreira. Com formação em balé clássico, educação física e teatro, foi professora responsável pelo Centro de Treinamento e Artes de São Paulo por 11 anos. Atuou profissionalmente também com dança do ventre, circo e escolas de samba. Agora, de volta à Portela, a artista espera repetir o feito de 2017.

“Estar de volta a casa que me possibilitou a realização de um sonho é uma honra. Foi um presente estar na Portela e conquistar com eles o título de 2017 e é com o mesmo entusiasmo que retorno para compor o projeto da comissão de frente e trabalhar junto com esta escola sem medir esforços para realização de uma grande apresentação. Depois desse período onde fomos obrigados a nos afastar do que mais amamos, voltar à Sapucaí com Portela é o cenário dos sonhos.”

O vice-presidente da Portela, Fábio Pavão, também aposta na experiência da dupla vitoriosa Leo Senna e Kelly Siqueira para alcançar o objetivo da escola e garantir a pontuação no quesito, no próximo carnaval.

“Fazer esse ajuste na comissão de frente era necessário para obtermos um bom resultado. O Léo Senna já esteve com a gente numa situação bem parecida. Temos a certeza de que ele é o melhor nome para concluir esse trabalho, e, assim como em 2017, conquistarmos o campeonato”, enfatiza.

Em 2022, a Portela levará para a Avenida o enredo “Igi Osè Baobá”, desenvolvido por Renato Lage e Márcia Lage, que retrata a simbologia e a história dos baobás. A agremiação será a segunda escola a desfilar na segunda-feira de carnaval.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.