A Cidade do Samba, interditada desde janeiro de 2021, deve ter sua liberação oficializada pelo Corpo de Bombeiros ainda no mês de maio. As escolas de samba estão finalizando os processos indicados pelos bombeiros e entregando os documentos solicitados pela corporação.

Em entrevista ao jornal O Globo, o diretor de marketing da Liesa, Gabriel David, revelou que o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) acordado pela Liesa e Riotur para liberação da Cidade do Samba depende apenas de um questão burocrática.

“Agora, falta só uma questão burocrática de autorização. Foram feitas as adaptações sugeridas pelos bombeiros para poder assinar o TAC”, disse Gabriel para O Globo.

As mudanças indicadas pelo Corpo de Bombeiros nos barracões incluem a troca de extintores e a sinalização de rota de fuga. Além disso, a Prefeitura do Rio se comprometeu a realizar todas as obras necessárias para atender todas medidas de segurança. Enquanto isso não acontece o TAC assinado garante o funcionando dos barracões.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.