A reunião da direção da Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) com o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, na sexta-feira, deu o impulso que o mundo das escolas de samba necessitava. Após terem a certeza que vão assinar o contrato com a Prefeitura do Rio, ainda em maio, os dirigentes avançaram nos planos.

Lembrando sempre que o contrato, como a comercialização dos ingressos (prevista para junho ou julho) terá a opção do Carnaval de 2022 na data tradicional, ou seja, em fevereiro, ou em julho do mesmo ano.

Ao site G1, o diretor de marketing da Liesa, Gabriel David, falou em alternativas para realização do carnaval no ano que vem.

“Todos os planos são possíveis e vem sendo conversados com patrocinadores e parceiros. O importante é garantir que haja carnaval em 2022. Mais um ano sem desfile e as escolas de samba, tão importantes na cultura e na economia do Rio, vão acabar morrendo “, disse Gabriel ao G1.

Na reportagem, Gabriel David fala em estender os dias dos desfiles, assim o Sambódromo teria um público reduzido, sem afetar a renda com a receita dos ingressos. “Dois ou três dias, com menos escolas se apresentando a cada dia”, a proposta revelada pelo G1.

As outras duas são o carnaval adiado para uma outra data, ainda em 2022, alinhada com a Prefeitura do Rio e os parceiros da Liesa, como a TV Globo, detentora dos direitos de transmissão. Além de um carnaval digital envolvendo toda cadeia produtiva das escolas de samba e atraindo um novo público para o mundo da folia.

Ao site CARNAVALESCO, Jorge Perlingeiro comemorou a reunião com o prefeito Eduardo Paes e o acordo para assinatura do contrato.

“Foi um dia muito próspero e muito feliz para toda nova diretoria da Liesa. Tivemos com o prefeito Eduardo Paes, no Palácio da Cidade, com a presença do nosso diretor de marketing, Gabriel David, a presidente da Riotur, Dani Maia, e o vice Bruno Mattos, e acertamos grande parte dos detalhes para o carnaval do ano que vem. Pela primeira em 37 anos da Liesa, o contrato com a Prefeitura do Rio vai ser assinado até o dia 30 de maio. Assim, a gente pode iniciar todas parceiras e prepararmos uma grande festa”.

Perlingeiro diz que está otimista que os desfiles de 2022 acontecerão na data tradicional em fevereiro. Lembrando que o contrato deixará estabelecido que caso não seja possível a data será imediatamente transferida para o mês de julho.

“Conjugo com o prefeito em gênero, número e grau que vai haver carnaval em fevereiro. Até o mês de agosto teremos 90 milhões de pessoas vacinadas no país. Isso vai nos dar uma garantia que a pandemia vai baixar e muito para níveis suportáveis. Como diz o prefeito, vamos realizar o evento das galáxias, com grandes detalhes de uma festa inesquecível. Se preparem que vem chumbo grosso por aí no próximo carnaval. As escolas vão fazer tudo, possível e impossível, para fazermos um grande carnaval”.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.