A Liga-SP, responsável pelos desfiles no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, apresentou uma série de sugestões para os protocolos sanitários para desfiles em fevereiro deste ano. Segundo a Rádio CBN, houve um encontro com representantes da Comissão do Carnaval de São Paulo.

Foto: Jose Cordeiro/SPTuris

No encontro, a Liga-SP se colocou à disposição para fazer a fiscalização, junto com a Vigilância Sanitária, para garantir que todas as pessoas irão seguir os protocolos sanitários. Ainda, segundo a CBN, o presidente da Comissão de Carnaval explicou que houve diminuição de desfilantes de 2 mil para 1500 componentes.

“A diminuição dos componentes garante um bom distanciamento na concentração e dispersão. O quesito Harmonia vai sair do julgamento, porque pelo protocolo os desfilantes vão desfilar de máscara e não teria como julgar o quesito”, disse Gustavo Pires, presidente da Comissão.

Agora, o próximo passo será uma reunião com representantes da Vigilância Sanitária e o secretário municipal de Saúde. Uma outra reunião com a Liga-SP deve ser realizada na próxima quinta-feira. Em virtude dessas reuniões, o primeiro fim de semana de ensaios técnicos no Anhembi, que começaria no dia 15 de janeiro, foi cancelado para que todos os protocolos sanitários sejam definidos.

Comentários