Liminar suspende assembleia geral na Lierj que escolheria novo presidente nesta sexta

3797

Foi deferia na tarde desta sexta uma liminar, pelo juiz Sandro Lúcio Barbosa Pitassi, que impede a realização de uma assembleia geral que definiria o novo presidente da Lierj às 18h na sede da liga no centro do Rio. O autor é o presidente do Império da Tijuca, Antônio Marcos Telles, o Tê. São réus na ação o ex-presidente do Acadêmicos do Sossego, Wallace Palhares, o presidente da Unidos do Porto da Pedra, Fábio Montebello e a própria Lierj.

A liminar cita que a convocação da assembleia geral fere artigos do estatuto da entidade. Se a decisão for descumprida a multa é de R$ 300 mil.

A Lierj enfrenta uma crise política e de disputa de poder desde o fim do último carnaval. O ex-presidente da entidade, Renato Thor, renunciou ao cargo e como ele já era vice-presidente de Déo Pessoa, que renunciou em 2018, novas eleições foram convocadas.

Comentários