A Lins Imperial anunciará nesta quinta-feira, às 20h, o enredo que apresentará no próximo carnaval. Afastada há nove anos do palco principal, a escola retorna à Marquês de Sapucaí desfilando pela Série A da Lierj. O anúncio será feito através de live musical realizada no Museu do Samba e transmitida ao vivo através do YouTube em parceria com o site CARNAVALESCO.

A live será apresentada pelo ator e locutor da Estação Primeira de Mangueira, madrinha da Lins Imperial, Jorge Luiz Jeronymo. As atrações, além da escola, ficam por conta de Celino Dias e Emerson Dias, crias da verde e rosa do Lins que cantarão alguns sambas especiais da escola. Um documentário sobre o tema do enredo também será apresentado.

“A expectativa para o lançamento do enredo é grande. Tenho absoluta certeza de que a comunidade da Lins Imperial ficará extremamente satisfeita. Estamos trabalhando duro para apresentarmos uma live de qualidade em que além do enredo, contaremos a história da nossa escola e o orgulho de vivermos um momento tão especial que é a volta à Marquês de Sapucaí”, avisa Maurício Dias, diretor de carnaval.

Desde o início da pandemia, Lins Imperial e Infantes do Lins juntas vem adotando ações que visam diminuir o drama social causado pelo vírus. Em março, escola mãe e filha lançaram a campanha “Seja Solidário” que contribuiu para a alimentação de mais de 500 famílias através da distribuição de cestas básicas. A solidariedade das duas escolas de samba foi além e em seguida surgiu mais um projeto: o “Jantinha Solidária” que distribui toda terça-feira um jantar para moradores de rua da região, atendendo 100 pessoas semanalmente e que já ultrapassou a marca de 1.000 pratos doados. Durante a transmissão, a agremiação vai arrecadar doações que serão transformadas em alimentos para o projeto.

“Será um momento muito especial e histórico. Anunciaremos um dos nossos grandes trunfos para o próximo carnaval. Tenho certeza que o enredo lançado agradará principalmente a comunidade do Lins. A partir do lançamento, mesmo com esse momento sério de Pandemia, vamos fazer de tudo para fazermos uma grande apresentação no dia do desfile e por que não lutarmos pelas primeiras colocações? Temos chão, temos história e sabemos desfilar nesse nosso novo antigo palco. Assim como diz o grito de guerra do nosso antigo intérprete e grande amigo Celino Dias, a Lins vai fazer o que sabe e sacudir a Sapucaí”, antecipa o presidente Flavio Mello.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui