Após quatro desfiles brilhando como musa na Viradouro, a dançarina Luana Bandeira, de 33 anos, está deixando o cobiçado posto na escola de Niterói. Ela passará a ser destaque numa das alegorias que vai ilustrar o enredo “Rosa Maria Egipcíaca”. A ideia da troca de lugar já vinha sendo amadurecida pela ex-assistente de palco de Luciano Huck na Globo, mas o martelo foi batido numa conversa com a diretoria da escola semanas atrás.

Foto: Wagner Rodrigues/Divulgação

“Como musa, sempre fui presença assídua nos ensaios de quadra e de rua. Mas, depois do nascimento da Iolanda, já sentia a necessidade de ter mais tempo pra ela, que está com 1 ano e nove meses. Só que meu amor pelo samba e a ótima convivência com a Viradouro me deixavam dividida entre continuar ou não como musa”, revela a beldade, que admite estar vibrando com o novo espaço que terá na escola no próximo Carnaval.

“Vou ser destaque performática. Foi uma ideia do Tarcísio (Zanon, carnavalesco). E estou adorando. Muita gente não sabe, mas tenho registro profissional de atriz. Vai ser a minha primeira vez na Avenida interpretando uma personagem, mostrando algo diferente do que as pessoas já conhecem, que é o meu samba no pé”, comenta Luana.

Antes de estrear, em 2018, como musa na Viradouro, Luana foi passista do Salgueiro e da Estácio, onde foi rainha de bateria de 2012 a 2017.

Comentários