Anatólio Izidoro, o eterno Cidadão Samba, faleceu nesta sexta-feira, aos 87 anos. Ele era fundador e torcedor da Unidos de Lucas. Por muito tempo, ele foi diretor da Associação das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Aescrj). Não foi informada a causa da morte e nem o local do velório e enterro.

“Meu esporte é samba. Eu sou tricolor, mas se me perguntarem não sei dizer quem joga no Fluminense. Já passei por muita coisa no carnaval. Mas fico feliz de ver aonde os sambistas chegaram”, disse Anatólio Izidoro, ao jornal Extra em 2013.

Nascido em Brás de Pina, Zona Norte do Rio, era filho de um montador de chaminés e sua mãe era doméstica. Ao site Sambrasil, em 2018, ele falou sobre o carnaval.

“Fui o presidente da antiga escola Capela. E também da Unidos de Lucas, na gestão de 1972 a 1976. Eu, que comecei muito cedo, no tempo da discriminação, sei como é bom isso, essa repercussão. Samba é a glória de nosso país”.

Comentários