A diretoria da Portela lamenta informar o falecimento de Osni José do Nascimento, de 73 anos, conhecido carinhosamente por Nil, terceiro filho de Natal.

Por conta do aumento de casos da Covid-19, não haverá velório. O enterro do corpo será nesta sexta, 12 de março, às 10h, no Cemitério de Inhaúma, na Zona Norte da Cidade.

O portelense deu entrada no hospital no dia 13 de fevereiro, passou por um procedimento e teve alta. Quatro dias após começou a apresentar sintomas de Covid-19 e precisou ser internado novamente. Em pouco tempo o estado de saúde de Nil se agravou e o sambista não resistiu as complicações da doença e morreu nesta quinta-feira, 11 de março.

O sambista não deixa esposa nem filhos. Nascido e criado em Madureira, bairro onde mora sua eterna paixão, a Portela, foi lá que o sambista se despediu. Apaixonado pela Azul e Branca, Nil passou por diversos cargos na Majestade do Samba, entre eles, diretor da Ala dos Universitários.

Osni foi idealizador e fundador da escola mirim Filhos da Águia, em 2001, e foi ainda o primeiro presidente da agremiação.

Já fez parte do Conselho da Portela e foi diretor do Departamento de Patrimônio, no início da gestão Portela Verdade, cargo que ocupou de 2013 a 2015.

O presidente Luis Carlos Magalhães, o vice-presidente Fábio Pavão e toda a diretoria da Portela lamentam o falecimento e se solidarizam com seus familiares e amigos.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.