Faleceu na manhã desta quarta-feira o presidente da Imperatriz Leopoldinense, Luiz Pacheco Drumond, o Luizinho Drumond, aos 80 anos de idade, após ser internado na terça-feira, no Hospital Copa Star, com um AVC.

Ele também foi presidente da Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa). Seu mandato foi de 1998 a 2001.

Leia abaixo a nota da Imperatriz:

“Neste dia 01 de julho de 2020, às 11:05h, a família Drumond, com muito pesar, comunica o falecimento da pessoa mais forte que conhecemos: nosso presidente e patrono, *LUIZ PACHECO DRUMOND*, Luizinho Drumond, como gostava de ser chamado. Hoje a Imperatriz chora, o mundo do samba chora e todo sambista chora. Que Deus receba nosso Patrono de braços abertos e que ele cuide de nós, como sempre fez em vida, onde quer que esteja.

Em breve comunicaremos local e data do sepultamento. A dor é grande, mas o teu legado, Luiz Pacheco Drumond, fica para a eternidade. Para sempre lembraremos deste homem forte e leal. Descanse na eterna paz do Senhor Jesus Cristo”.

Luizinho fez a Imperatriz ser multi campeã do carnaval

Em virtude da morte de um dos seus fundadores a Liga cancelou a reunião plenária que teria nesta quarta-feira para tratar do rumo do próximo carnaval.

Em 1993, Luizinho foi condenado pela juíza Denise Frossard pelo seu envolvimento no jogo do bicho e com um habeas-corpus teve direito a liberdade condicional.

Na Imperatriz Leopoldinense, Luizinho assumiu o comando da escola em 1976. Em seu comando, Luizinho Drumond fez a Imperatriz Leopoldinense ser multi campeã do carnaval carioca. Ganhou em 1980, 1981, 1989, 1994 e 1995 (o filho era o presidente), 1999, 2000 e 2001.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui