Compositores: Silas Augusto, Turko, Araújo, Maradona, Luis Mancha, Valter Filho e Guga

As águas que correm nos rios de Oxum
Desaguam aos olhos de tupã
Ao som da corredeira vendo a fé do Axogum
Lá no pé da cachoeira
Chora o orvalho da manhã
Ê ê ê vai transbordando a esperança
Quando o ribeirão criança
Se engrandece no sertão

Violeiro toca a prece
E a lágrima que desce
Agradece a plantação

ô ô ô Odoyá! Yemanjá ô ô
Mãe D´Água ê… mamãe senhora
Meu barquinho vai simbora
Em oferenda e louvor

No firmamento vi trovão relampear
Arco íris no céu, acabou o chuvaréu
Um novo ciclo renascerá
Basta usar a consciência
A humanidade tem que preservar
Água… eterna fonte da vida
Que move o planeta e lava alma da população
Do céu a imagem de nossa senhora
Reflete nesse povo que implora
Clamando paz e união… nossa mensagem
Vai muito além do que lavar as mãos

É tempo de amar, poder refletir
Lutar para o mundo voltar a sorrir
Sou Mancha Verde, sou o amor que cura a mágoa
Dando um banho de emoção… planeta água

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui