Compositores: Ailton Guimarães, Celso Bastos, Salvador Gomes e Itamar

Mangueira tua comunidade tem poesia na cor
Cartola pra eternidade, tiro o chapéu pra Angenor
O príncipe do princípio escolheu, virou paixão, as cores do nosso pavilhão.
Poema as rosas não falam numa história de amor que eu ouvi
Simplesmente as rosas exalam o perfume que roubam de ti

Se a verde e rosa chora, vira canção
Nos versos de um poeta, a inspiração
Na voz do povo, no teu cantar
O cotidiano faz a gente recordar

A voz que ecoava na avenida
E nas canções de nostalgia
Jamelão era estrela nos salões
Ainda posso ouvir o tom do teu cantar
Regendo a Mangueira ao desfilar
Obá, um soberano da ralé
Riscava o chão com os seus pés
Laurindo, o Delegado, com o seu dom de encantar
Herdou de Marcelino o seu bailar

Sou preto, sou Mangueira
A Estação Primeira vem comemorar
Raiz em Verde e Rosa
Essa nossa história vai te emocionar

Comentários