Compositores: Ciganerey, Nando Podolski, Galasso Filosofia, Batas Dema e Alcides Lixo
Intérprete: Ciganerey

Mangueira… A minha identidade tem raiz
Oh! Música essência de pedra matiz
Quando a nossa gente aportou
A Bahia “africanizou”
Berço da civilização, a origem da vida
É coração! É verde e rosa na avenida
Batuque por todos os cantos, ritos de fé
Valei-me todos os santos…Mãe baiana, Axé!
Arranco a mordaça, venço a chibata
É canto e dança! Herança Bantu do carnaval!
Ê Congo ê! Sou negra! Vestida de poder
Nesse cortejo ancestral

Desce o “morro” vem sambar… Cai na folia
Deixa a tristeza pra lá…Sorria!
É embaixada, a filha que a África viu
Meu Brasil!

Saravá! Sou Gegê e Nagô
Pro meu orixá eu bato tambor
Oyá, Oyá, celebra o Afoxé
Desfilando a minha africanidade
Oyá, Oyá, tua filha tem axé
É d’ Oxum essa cidade
Vai ter xirê, firma o ponto no terreiro
Prepara o padê pro mensageiro
eu vou…atrás do trio eu vou
Carrego o meu patuá
Ninguém vai me derrubar… Sou Mangueira
Salve a Bahia de Ialá e Iolô
Minha rainha chegou a Estação Primeira

Comentários