Compositores: Junior Miranda e Jorge Mazzoni
Intérprete: Ailton Santos

Vou mangueirar, festejar
feito cucumbis em procissão
Sob as bênçãos de oya, em oração REFRÃO
Comemorando entre becos e vielas
mais uma estrela da primeira estação

Me anulei,
Dentro da minha própria representação
Ao descobrir,
Que a pele preta era azo de opressão…
Mas consegui desfilar,
Sob a égide de Ilu a repicar!
Mães “Pretas” em Verde e Rosa,
Conscientizando os seus filhos a herdar…

Eu vim de longe,
Vim de muito longe…
Bantu, Haussá, Gege e Iorubá…

Liberta a minha voz,
Deixa a caneta contar, BIS
Gira baiana legado da nossa história!

Oh Rainha,
Conduz os guetos “Negros” em cortejos
Eterno jequitibá
Que lá do alto anuncia,
A liberdade e a fé nos orixás
Oh Mangueira,
Com surdos, xequeres e afoxés…
Timbalada, Reggae e Nagô
Com muito samba no pé
Hoje reduto do meu Axé

Comentários