Por Gabriella Souza e Victor Amancio

Desde seu primeiro ensaio de rua, na segunda quinzena do mês de dezembro, a Mangueira demonstra organização e empenho nos seus treinos e o ensaio desta quinta-feira não foi diferente. O canto forte da comunidade é um dos pontos fortes da escola, aliado a bateria do mestre Wesley e seus ritmistas, que a cada bossa levam a comunidade ao delírio. O enredo é forte e dependerá do componente para crescer e se firmar na Avenida. Pelo visto um grande passo vem sendo dado com perfeição: a obra está na ponta da língua de todos. Matheus e Squel não estiveram presentes no ensaio. Mas o segundo casal, Renan e Débora, foram muito bem.

Harmonia

Com seriedade e técnica a escola conseguiu encontrar uma nova linha de ação e disciplina para seu setor de harmonia. O carro de som da Mangueira, com a direção do Alemão do Cavaco, tem feito dos treinos um verdadeiro show e demonstra estar pronto para encarar a Marquês de Sapucaí. O canto da comunidade é um dos maiores trunfos da escola e pode-se dizer, como menciona o samba, que do céu da para ouvir. Marquinhos Art’Samba, cada vez mais, é a cara da escola e chama o componente durante todo o ensaio. Difícil foi ver alguém errando a letra ou não cantando com vigor, as vozes ecoavam e abrilhantaram o ensaio.

“Mais um tijolinho que conseguimos colocar rumo ao carnaval. Estamos trabalhando cada segmento para que possamos fazer a melhor apresentação possível. Estamos brigando por um bicampeonato, que sabemos que é muito difícil, mas o presidente Elias e sua diretoria não estão medindo esforços para que a gente faça um belo carnaval. O ensaio de hoje foi muito bonito, em uma noite linda de lua cheia. A bateria está preparando algumas surpresas e a cada ensaio percebemos que elas estão dando mais certo do que a gente imagina”, afirmou Moacyr Barreto, membro da comissão de carnaval da Verde e Rosa.

Evolução

O componente da Mangueira parece que pegou o jeito. Cada espaço entre as alas é controlado, assim como as margens entre os componentes e o público. O trabalho foi realizado com profissionalismo e controle total de todos os setores. Hoje a escola conquistou uma evolução adequada, os componentes cantam com vontade, sambam mas não perdem as passadas, mantendo o tempo de ensaio correto e planejado. A escola está mais organizada e as alas estão desempenhando uma evolução cada vez melhor. Dançando e erguendo os braços em diversos trechos do samba a Mangueira precisa acertar poucos pontos para o desfile oficial. O ritmo de animação se mantém do início ao fim do treino.

Samba-Enredo

A arrancada emocionou os mangueirenses presentes que cantavam com vontade o samba exaltação da escola, assim como vibravam com o show inicial da bateria. O samba que foi eleito pelo voto popular no site CARNAVALESCO como o melhor para o carnaval de 2020 se apresenta muito bem com a Estação Primeira. O componente abraçou o samba com a letra forte e emocionante e canta com garra e paixão. Além do chão da escola e o carro de som, a bateria encaixou muito bem com a obra e não deixa cair em momento nenhum.

“Estamos ensaiando exaustivamente, e o samba de fato é maravilhoso, está sendo bem trabalhado e vai dar o que falar na Marquês de Sapucaí, pode ter certeza disso”, disse Marquinho.

Bateria

Sem nenhum tipo de erro aparente, mestre Wesley trabalha para manter a nota máxima do quesito. Com bossas bem executadas, que levantam não só o componente, mas o público que assiste o treino, o quesito promete ser um dos grandes destaques do desfile.

“Estamos no caminho certo. Só no início que tivemos um pequeno desencontro entre o carro de som e a bateria, que estavam meio distantes, mas depois acertamos. O samba está bonito, a escola está cantando, a bateria está perfeita. Chegamos no BPM (batidas por minuto) que nós queríamos e estamos no caminho certo. Treinamos tudo para simular as cabines dos jurados, até com a participação da nossa rainha, tudo feito no compasso. Vamos lá buscar esse campeonato”.

Evelyn Bastos, a rainha que tem sangue de sambista e samba no pé com excelência só cresce junto de sua bateria, com as oreografias sincronizadas e o carisma com o público.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui