Uma nota publicada na coluna do jornalista Ancelmo Gois, de O Globo, nesta terça-feira, assuntou o mundo do carnaval. Nela, a informação era que Nelson Sargento, presidente de honra da Mangueira, passava por dificuldade financeira e teria que vender alguns de seus materiais históricos.

Em nota publicada em seu site oficial, a Estação Primeira de Mangueira informou que “procurou o filho e a nora do baluarte, com quem sempre fez contato para os assuntos referentes ao Nelson, que informaram que a situação está sob controle, sem motivos graves para preocupação e que ele não estava passando necessidade”.

Confira abaixo a nota completa da Mangueira:

“A Estação Primeira de Mangueira, através do seu presidente Elias Riche, informa que tomou conhecimento, através da imprensa, de que seu presidente de honra, Nelson Sargento, estaria passando problemas financeiros graves, por conta do cancelamento de sua agenda, devido a pandemia.

Mangueira informa que procurou Nelson Sargento e está à disposição da família
Nelson estaria passando problemas financeiros, por conta do cancelamento de sua agenda. Foto: Divulgação/Mangueira

Imediatamente ele procurou o filho e a nora do baluarte, com quem sempre fez contato para os assuntos referentes ao Nelson, que informaram que a situação está sob controle, sem motivos graves para preocupação e que ele não estava passando necessidade.

Diante dos fatos expostos, o presidente Elias Riche se colocou à disposição da família para ajudar no que for preciso, seu presidente de honra e um dos nomes mais importantes da agremiação, caso seja necessário”.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui