Compositores: Gustavo Clarão, Dada Camargo, China, Magrão, Rodrigo Bola, André Ricardo, Marquinhos Beija-Flor, Júnior Diniz, Junior Gigante, Marcelo Simões, Jeferson Oliveira, Wallace Oliveira

O som do batuque é a alma que corre na veia
Raix que semeia a mais negra flor
Saudade escorre no olhar
Lembranças do lar, essência da cor
Rezadeira preta velha sim sinhô (BIS)
A fé minha vida, o samba a glória
Minha trajetória a brilhar
Voei em Osvaldo Cruz e Madureira
Aos pés da mangueira
Fui me apaixonar

Marinheiro, marinheiro na linha do mar (do mar)
Bate forte batuqueiro pra nega girar, girar
A luz da lua, o terreiro clareou… Yo, yoo

Ah meu povo levanta a liberdade já raiou
Negra sempre minha luta
Pelo mundo inteiro ecoou
Tantas mazelas
Venci todas elas, soltei minha voz
A cruz no meu peito
Óh nossa senhora rogai por nós
Sou porta voz desse meu povo negro
Aos orixás eu peço axé
Iluminada, coroada Rainha quelé

O iaiá Clementina sou eu
Fui feita pra vadiar na morada do samba
Meu canto ecoa na eternidade
Embala eu, embala eu, sou Mocidade
(Embala eu, sou Mocidade)

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui