A Mocidade Independente de Padre Miguel divulgou uma nota reafirmando e o motivo da sua posição de não participar da festa de lançamento do CD dos sambas do Grupo Especial para o Carnaval 2019. De acordo com o texto, a presidência informou em plenária na Liesa, no dia 28 de novembro, os motivos. “A menos de 100 dias para o carnaval, a Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro não realizou qualquer repasse para as agremiações”, diz.

Confira abaixo a nota completa:

O G.R.E.S. Mocidade Independente de Padre Miguel vem a público, mais uma vez, esclarecer sua ausência na festa de lançamento do CD dos Sambas Enredo das Escolas de Samba do Grupo Especial para o Carnaval 2019.

A presidência da Mocidade Independente, por respeito a todos os envolvidos, esclareceu em plenária ocorrida na LIESA no dia 28 de novembro, todos os seus motivos para não participar da festa e torna a repeti-los: a menos de 100 dias para o carnaval, a Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro não realizou qualquer repasse para as Agremiações.

Apesar de repetidas promessas, sequer foram assinados os contratos com as Escolas de samba

O Carnaval é do POVO, das famílias que assistem ao desfile no Setor 1, das famílias que o veem pela Tv em suas residências, nas arquibancadas ou nos camarotes, de todos os foliões e de quem trabalha arduamente para fazê-lo acontecer.

Os turistas lotam o Rio de Janeiro para a maior e mais democrática das festas brasileiras, assistida pelo mundo inteiro. Assim, a rede hoteleira totalmente ocupada, comerciantes e empresários pagam os impostos correspondentes e a economia do Rio de Janeiro, tão maltratada, gira 3 Bilhões de reais na cidade, somente durante o Carnaval.

Ora, as Agremiações precisam da subvenção do poder público para poderem realizar seus desfiles, sem os quais não há Carnaval. Não se trata aqui de gentilezas.

Na Mocidade Independente de Padre Miguel, a comunidade carente da Zona Oeste não paga por suas fantasias, elas são doadas pela a agremiação.

É trabalho duro o ano inteiro.

A Mocidade Independente deve satisfações à sua comunidade, velha guarda, baianas, ritmistas, passistas, artesãos, empreiteiros, nossa apaixonada torcida e toda a gente humilde e guerreira que põe nossa Escola na rua à custa de trabalho duro e muita, muita dedicação.

E somente a estes.

SALVE A MOCIDADE!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui