A Mocidade Independente de Padre Miguel, famosa pelo seu espírito vanguardista, segue inovando em 2020. A agremiação é a primeira escola de samba a ter um enredo como tema de exposição antes mesmo do desfile. O desfile “Elza Deusa Soares” acontece só no dia 24 de fevereiro, mas quem for para a Biblioteca Park Estadual entre 10 de fevereiro e 20 de fevereiro poderá mergulhar naquilo que a agremiação pretende mostrar na Avenida. Algumas fantasias serão expostas, assim como explicações sobre o desenvolvimento do tema, vídeos, fotos, e o trono que Elza desfilou em 2019. Haverá também sorteio de um par de fantasias e rodas semanais de bate-papo com personalidades da escola, do samba e da cidade.

Na próxima terça-feira irá rolar às 18h um debate sobre “mulheres negras na música”. Já confirmaram presença Teresa Cristina, Silvia Duffrayer e Milena Wainer intérprete do carro de som da Mocidade. Na primeira terça-feira, inaugurando a exposição, houve uma mesa debatendo a importância deste enredo para a cultura do país. Participaram a jornalista Flávia Oliveira, Fábio Fabato, Renato Buarque, integrante do departamento cultural da Mocidade. Além das participações da secretária Danielle Barros e de Cultura e Economia Criativa do Estado do Rio de Janeiro e o Rodrigo de Castro Subsecretário de Promoção de Eventos do Rio.

Elza Soares nasceu na favela carioca de Moça Bonita, a atual Vila Vintém, e sempre foi um desejo do torcedor da Mocidade que a cantora virasse tema da escola. Este ano, enfim, o sonho foi realizado. Em sua trajetória, Elza passou por diversas adversidades, mas sempre dando a volta por cima e contribuindo de diferentes formas para a cultura de nosso país. Quem for à exposição poderá contribuir com a arrecadação de alimentos para moradores de áreas carentes. A exposição terá a curadoria do departamento cultural da Mocidade e a organização da agência Twelve. Renato Buarque, integrante do departamento cultural da escola reforçou a importância do evento.

“Não há momento mais oportuno para uma exposição pioneira como essa tomar forma, justamente no ano em que a Mocidade homenageia em seu enredo uma personalidade com identificação tão forte com a escola e tão importante para a música brasileira. Elza merece todas as homenagens possíveis, e é muito gratificante poder mostrar a todos de alguma forma a linda história que ela tem com a Mocidade. Fizemos a pesquisa com muito carinho”, diz Renato.

A Agência Twelve Marketing, que atende a Mocidade Independente de Padre Miguel, desde quando o enredo foi anunciado, pensou nesta exposição sabendo toda força que a Elza Soares tem.

“A gente precisa valorizar essa mulher. Elza Soares é incrível. Um ícone. Foi a escolha perfeita da escola. Precisávamos colocar este projeto na rua. Projetos culturais aliados a experiências de marcas aos consumidores são os nossos
objetivos. E já projetamos um projeto ainda maior para 2021”, declara Bryan Clem, CEO da Twelve MKT.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui