A Mocidade Independente de Padre Miguel prepara a volta da sua disputa de samba-enredo para o Carnaval de 2022. A verde e branco ainda possui nove obras na disputa e seu concurso será transmitido em lives, até atingir os três sambas finalistas, que vão para a decisão que será transmitida pela TV Globo, ainda em data a ser divulgada pela emissora e pela Liesa. A primeira live da volta está marcada para o dia 7 de agosto, a partir das 19h, no canal da Mocidade no YouTube. Em 2022, a agremiação apresentará o enredo “Batuque ao Caçador”, que será desenvolvido pelo carnavalesco Fábio Ricardo. * OUÇA AQUI OS SAMBAS CONCORRENTES DA MOCIDADE

“Vamos seguir nossa disputa em lives. Nosso presidente se preocupou com a saúde de todos nós desde o primeiro momento da pandemia e julgamos prematuro pensar em público nesse momento. A vacinação está avançando e não custa esperar mais um pouquinho, mas a decisão será do presidente. Também temos que atender as exigências da Lei Aldir Blanc, que fomos contemplados”, explicou Marquinho Marino, diretor de carnaval da Mocidade.

Marino explicou que está o concurso de samba-enredo da Mocidade para o Carnaval de 2022.

“O concurso parou após a confirmação de cancelamento do carnaval de 2021 feita pelo prefeito Eduardo Paes. Vamos recomeçar exatamente de onde parou e não vamos liberar nenhuma mudança nas obras, porque julgamos que praticamente todas transmitiram a proposta do enredo. Nossa ala é excelente nesse ponto”. * LEIA AQUI A SINOPSE DO ENREDO DA MOCIDADE PARA 2022

O diretor de carnaval da Mocidade revelou que o projeto de transmissão das finais pela TV Globo foi muito bem aceito pela escola.

“Achamos sensacional. Torço que dê certo para que isso vire regra. Penso ser uma forma também de suprir um mercado que a evolução natural acabou por tirar a sua força, que é a venda de CDs e também mostrar o talento dos nossos compositores e do gênero em geral”.

Nos últimos carnavais, a Mocidade vem se destacando com grandes sambas-enredo. Perguntado sobre o sucesso das obras, Marino destacou a qualidade dos enredos e da ala de compositores da verde e branco.

“Enredo, texto bem elaborado, ala de compositores prestigiada pela presidência e uma pré disputa onde há uma simbiose e confiança muito grande entre os compositores e a direção de carnaval. Praticamente todas as parcerias levam seus sambas no barracão antes de gravarem e assim conseguimos fazer ajustes técnicos e acertos melódicos antes do início. Isso ajuda muito para a escola não ter que pedir mudanças nas obras depois de já entregues ou com o concurso em andamento. Além disso, os sambas vão pra quadra redondos e dentro das condições de escolha da escola”, garantiu o diretor.

Pelo pensamento da Mocidade, o torcedor independente pode ter muita confiança no desfile de 2022. Segundo o diretor Marquinho Marino, o objetivo é alcançar a liderança do ranking da Liesa. Para isso, a verde e branco terá que ser a campeã do Grupo Especial.

“Vamos até o fim lutar por isso. O que introduzimos tecnicamente desde 2017 era o que realmente tinha que ser feito e vamos continuar fazendo tudo da mesma forma, em equipe. Hoje, o componente da Mocidade desfila praticamente sozinho, sabendo o que tem que se fazer, faz bem e com muito orgulho e ficará mais orgulhoso com essa meta alcançada. Vamos aprimorar ainda mais, tanto eles, como também os quesitos técnicos para não deixarmos essa oportunidade passar. A Mocidade pensa grande e vai lutar até o fim para ser a líder do ranking, mas sem pressão, apenas com trabalho e organização que já temos”, finalizou Marino.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.