Morreu nesta terça-feira o baluarte da Estação Primeira de Mangueira, Pedro Paulo Severino, o Genuíno. Como baluarte, ocupava a cadeira número 2, que tem como patrono Toninho Caolho.

Antigo componente da Verde e Rosa, ingressou na ala técnica dos Periquitos e foi parte integrante da harmonia durante muitos anos. Genuíno, como era conhecido, participou da Velha Guarda Musical da Mangueira como um dos cantores e ritmista do grupo, ao lado de Xangô, Jurandir e Rode. E mais recentemente, ao lado de Tantinho e Jerônimo GG.

Participou como cantor do cd “Velha Guarda da Mangueira e convidados”, em 1999, quando interpretou “Mangueira Chegou” na faixa de abertura, e do cd comemorativo dos 75 anos da escola, relembrando sambas de enredo do passado. Em 2019, se apresentou nos shows da Sala Baden Powell e do BNDES durante o lançamento do CD “Velha Guarda Musical da Mangueira canta Gerado Pereira.”

“Nossos sentimentos aos seus familiares. A nação mangueirense se entristece com a sua dor”, fechou o pronunciamento da Verde e Rosa.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui