A ex-porta-bandeira Gisele, 62 anos, faleceu neste sábado. A causa da morte não foi divulgada. Ela havia sofrido um AVC há sete anos e lutava contra as sequelas. Gisele defendeu o pavilhão da Portela nos desfiles de 1988, 1989, 1990 e 1991.

Filha de Antonia Eleutéria, ex-Destaque da Portela, Gisele começou no samba como passista. Após deixar a Portela, foi, ainda, porta-bandeira e presidente da coirmã Arrastão de Cascadura.

Gisele também teve participação ativa no projeto Madureira Toca, Canta e Dança, criado por Waldir Gallo. Viúva, ela deixa um filho.

“O presidente Luis Carlos Magalhães, o vice-presidente Fábio Pavão e toda a diretoria da Portela se solidarizam com os familiares e amigos de Gisele neste momento de luto e dor”, diz trecho da nota portelense.

Comentários