O dia é de luto para o mundo do carnaval. Após o falecimento de mestre Mug, a Rádio Tupi informou a morte de Luiz Fernando Ribeiro do Carmo, o Laíla, de 78 anos, que estava internado no Hospital Israelita Albert Sabin, na Tijuca, Zona Norte do Rio de Janeiro. Ele estava com Covid-19 e sofreu uma parada cardíaca na manhã desta sexta-feira e não resistiu. O diretor morreu por volta das 11h30. * Editorial: ‘Morte de Laíla representa o fim de uma era para a cultura carioca’

O diretor de campeão campeão em diversos carnavais com a Beija-Flor de Nilópolis também teve passagens na Unidos da Tijuca, Vila Isabel e União da Ilha, que foi sua última agremiação no Carnaval de 2020. O início foi no Salgueiro. * Gabriel David sobre Laíla: ‘maior sambista que eu já conheci’

Em fevereiro de 2021, ao site Metrópoles, Laíla falou sobre a Covid-19.

“As entidades onde trato minha vida espiritual falaram e, não foi só para mim, que viria uma doença para abalar o mundo. E muita gente não acreditou. Veio para mostrar que o ser humano está indo além do seu limite com a ambição. O país não tem trabalho, educação, os caras roubam descaradamente e continuam aí. O povo do morro vive sem saneamento”.

Leia Mais:

Comentários