O Engenho de Dentro está de luto. Morreu na manhã desta segunda-feira o mais emblemático compositor da história do tradicional Arranco, Juan Espanhol. Espanhol é autor de 18 sambas que a escola da zona norte levou para a avenida.

As obras mais marcantes da história da escola foram compostas por Espanhol, como o samba para os carnavais de 1989 e 2006. O músico também foi vencedor de sambas marcantes na Portela e na Unidos da Tijuca.

 

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui