Os mestres das baterias dos grupos Especial e Acesso 1, da Liga das Escolas de Samba de São Paulo, se uniram para pedir que as pessoas permaneçam em casa o mais tempo possível para se resguardarem do contágio do Coronavírus, responsável pela pandemia mundial.

#NadaSuperaFicarEmCasa é um projeto idealizado pelo diretor da empresa de captação CRCB, Renato Cândido e do produtor musical e músico, Marcelo Casa Nossa que convidaram 23 diretores para reforçarem os cuidados com a saúde se mantendo o máximo que podem em suas casas até que as autoridades médicas indiquem uma nova conduta. A trilha sonora que embala o vídeo é de autoria do técnico de som Rodrigo Pimentel do RW Studio.

“Os mestres são personalidades importantes dentro das agremiações e grandes formadores de opinião em suas comunidades, por isso acionamos os músicos que gentilmente abraçaram essa causa”, diz Renato Cândido, captador de recursos, que tem como slogan a frase “nada supera o trabalho” que serviu de inspiração para o nome do projeto.

Juntos, os mestres, que falam com seus diretores e rimistas por sinais próprios de suas batucadas, mantiveram essa característica tão emblemática na forma de comunicar que escolheram mandar o carinhoso recado “fiquem em casa” através de sinais. O vídeo tem 1 minuto e 35 segundos e as gravações foram feitas direto de suas casas, alguns com participações especiais dos filhos, e forma enviadas para a MGS Films, do mestre Guma, que editou o vídeo. “Nada melhor do que a voz que vem do coração para emocionar e tocar as pessoas. Dessa forma trouxemos os responsáveis pelos corações das escolas para mandar esse recado importantíssimo que também leva a energia das batucadas”, explica Marcelo Casa Nossa, produtor do CD oficial da Liga das Escolas de Samba de São Paulo.

Comentários