Presidente de honra da Estação Primeira de Mangueira, Nelson Sargento, de 96 anos, testou positivo para Covid-19 e está internado no INCA. O sambista foi para o hospital na sexta-feira. A informação foi divulgada no blog do jornalista Ancelmo Gois, de O Globo.

Sargento tem histórico de câncer na próstata. O artista mangueirense já recebeu as duas doses da vacina contra a Covid-19.

Após receber a primeira dose da vacina, em 31 de janeiro, o compositor Nelson Sargento, tomado de emoção, entoou os primeiros versos da música “Agoniza mas não morre”, de sua autoria, e falou dos planos para a volta à velha rotina em um futuro próximo.

“Estava pensando muito nesse momento e graças a Deus estou aqui. Estou sentindo falta da música. Estou aqui para ser vacinado e poder trabalhar”, disse ele na época.

Vacinação no Rio

A Prefeitura retomou na segunda-feira (24/05) a vacinação contra a Covid-19 dos trabalhadores da educação das redes privadas e pública do município. É preciso levar o último contracheque ou declaração das instituições educacionais e redes de ensino público ou privado da cidade do Rio.

Até o próximo sábado (29/05), quando será concluído o calendário dos grupos prioritários, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) espera alcançar a marca de 30% de toda a população do Rio vacinada com pelo menos a D1. A partir de 31 de maio, a ampliação da campanha de vacinação avança para a população em geral, seguindo escalonamento por idade.

A expectativa é que, em cinco meses, até 23 de outubro, 90% dos cariocas com 18 anos ou mais estejam vacinados com a D1 contra a Covid-19. O cronograma completo foi planejado de acordo com a previsão de envio de vacinas divulgada pelo Ministério da Saúde. A manutenção do calendário de vacinação na cidade está condicionada ao cumprimento deste cronograma.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.