No aniversário do bairro e da quadra, Vila Isabel define samba-enredo para o Carnaval 2019 nesta sexta

939

Nesta sexta, 28 de setembro, a Unidos de Vila Isabel tem muito o que comemorar. Nesta mesma data há 10 anos a agremiação finalmente realizava o sonho de ter sua própria quadra de ensaios. A data também marca o aniversário do bairro de Vila Isabel, um dos mais cariocas da capital fluminense. É neste clima de festa que a azul e branca da terra de Noel Rosa vai escolher o seu hino oficial para o Carnaval 2019. Em entrevista concedida ao site CARNAVALESCO, o diretor de carnaval Wilsinho Alves, que volta à escola depois de cinco anos, destacou a pluralidade dos três sambas que chegaram à final e celebrou a safra como um todo.

“A primeira coisa desse ano que achei positiva foi o número de sambas inscritos, um número superior aos últimos anos. Recebemos 18 obras. Daremos uma premiação maior esse ano. A chegada de uma nova diretoria, tanto na escola quanto na ala, fez surgir uma safra bastante interessante. As obras que estão na final são diferentes entre si”, opina Wilsinho.

Presidente da Vila Isabel entre 2012 e 2014, Wilsinho lembra que foi um dos primeiros no carnaval a deixar os compositores mais livres para criarem seus sambas. Ele recorda que no último título da escola o samba fugia um pouco à proposta da Vila inicial.

* LEIA AQUI: Compositores finalistas na Vila Isabel enaltecem safra e sambas inscritos

“Em 2013 o samba da Vila acabou ficando bem diferente do enredo originalmente apresentado. Vejo com bons olhos essa liberdade. O que me incomoda um pouco é fugir da cronologia ou inverter setores. Isso dificulta, na minha opinião, o entendimento do enredo através da obra. Mas com relação à liberdade criativa eu sempre defendo”, disse.

A Vila Isabel terá uma comissão presidida pelo presidente Fernando Fernandes para escolher o samba. Nela estarão, além do presidente e de Wilsinho, o carnavalesco Edson Pereira, o vice-presidente Luizinho Guimarães e seu pai Capitão Guimarães, além de segmentos da Vila.

A quadra terá os portões abertos a partir das 22h e por volta de 00h começam a apresentação com os segmentos. A novidade da final desta vez será o intérprete Tinga cantando os três finalistas antes das apresentações começaram. A expectativa é que o primeiro samba finalista suba ao palco 01h30 e o resultado seja anunciado às 04h da manhã. Cada samba terá 25 minutos para se apresentar.

SERVIÇO

Final de Samba-Enredo da Unidos de Vila Isabel
Boulevard 28 de setembro, 382
22h
R$ 30 (Pista)
R$ 150 (Mesa com 4 lugares)
R$ 2.000 (Camarote para 20 pessoas)
Início das Apresentações: 01h30
Forma de Apresentações: 25 minutos
Anúncio do Campeão: 04h

Comentários