No comando do microfone oficial da Viradouro desde 2014, Zé Paulo Sierra vive um momento de glória, assim como a escola. Tendo sido a voz de dois campeonatos da vermelha e branca na Série A, o cantor fez toda a Sapucaí ensaboar em 2020, ajudando a agremiação a se sagrar campeã do Grupo Especial, título inédito na sua carreira. Em conversa com a reportagem do site CARNAVALESCO, Zé Paulo falou sobre a conquista:

“A ficha está caindo aos poucos. Acho que tudo é um processo. Eu quero também que caia bem devagar, para curtir isso o máximo possível. É algo único na minha vida”, afirmou.

Questionado acerca de sua permanência na Viradouro para o próximo carnaval, o intérprete disse que ainda não houve nenhuma conversa ainda entre ele e a direção da escola.

“Ainda não deu nem tempo. É muita comemoração, muita exigência também por conta do campeonato, muito compromisso para cumprir. Acho que só a partir da semana que vem é que as coisas vão começar a ser acertadas”, revelou.

Mesmo com a renovação ainda não concretizada, Zé Paulo contou seus planos para o futuro. Dentre eles, um sonho antigo de se aventurar como cantor fora do mundo do carnaval.

“Esse ano eu tenho o projeto de botar a minha carreira como cantor, paralelo ao samba-enredo, em andamento. Já é uma meta antiga. Além disso, o próximo carnaval está chegando, 2021 já está batendo na porta e, com toda a certeza, vou dar meu melhor para fazer mais um grande trabalho”, declarou.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui